bricolage

passeio até à barraca

Depois do que escrevi aqui e aqui, nuca mais dei novas do que se foi passando, nem da conclusão dos trabalhos. Apesar de parecerem as obras da Santa Engrácia, a verdade é que já acabei a barraca há bastante tempo e a efeméride até deu direito a inauguração com pompa e circunstância e entidades convidadas. Assim sendo, aproveito o que me traz aqui. Primeiro a foto:

E o que me traz até nem é a casota que se vê ao fundo, mas o caminho para lá chegar. A propósito, diz-se que o importante nem é a meta, mas o caminho que se faz e o que ele nos permite apreciar. Avancemos. Aquele passeio em madeira já estava contemplado no projecto virtual e já está, também ele concluído. Agora o que me ocupa mesmo são aquela espécie de canteiros laterais sugerido pela minha esposa. Juntado a ideia ao dia de promoção feita pelo Aki (leve 2 artigo e oferecemos o 3º mais barato) em pleno dia de páscoa e mãos à obra. Conta feitas, 16 metros daquela estacaria ficou-me em menos de 25 oiritos o que, para o efeito, é – foi – uma pechincha.

Para além de tornar o meu quintalito mais parecido com um jardim botânico, aquele espaço irá servir para colocar os seixos que vou apanhando da terra e que não são tão poucos quanto isso.

Um dia destes começo a promover visitas de estudo à minha quinta. Mas só um ou dois de cada vez, que não há espaço p’ra mais.

Standard