culinária

Francesinhazona

Já não passava pelo meu estaminé há uns bons tempos. Daí que, nada melhor que uma receita para vos adoçar a leitura. Ontem apeteceu-me inventar um bolo. A ideia era experimentar um recheio. Para isso, teria de arranjar uma passa. O resultado deu no que a imagem mostra. Parece uma francesinha, mas é bem doce. E maior. Daí o nome estúpido de “francesinhazona”. Tem tudo para vir substituir a moda dos “cupcakes”. Com a vantagem de que é rápido é fácil de fazer.

Vamos ao segredo do “chef”. Mas não contem a ninguém, que eu estou a fazer conta de ficar milionário à pala desta especialidade.

Ingredientes da massa:
7 ovos
150 grs de açúcar
110 grs de farinha (metade é amido de milho)
essência de baunilha, fermento
Papel vegetal, manteiga e farinha para a forma

Ingredientes do recheio:
150 grs açúcar
3/4 de chávena de leite
essência de baunilha
4 ovos

Preparação:

Barrar tabuleiro com manteiga. Colocar folha de papel vegetal. Barrar papel com manteiga e polvilhar com farinha.

Bater as claras dos ovos em castelo. Juntar-lhe as gemas e bater. Juntar-lhe o açúcar e bater. Juntar-lhe a farinha e fermento e bater. Juntar-lhe a essência de baunilha e bater.

Despejar na forma e colocá-la no forno durante 20 minutos. Rapar o que sobra da massa e lamber.

Cozida a massa, desenforma-se corta-se ao meio para fazer uma coisa tipo sanduíche, mas com o recheio que se fez entretanto. Como fiz muito e sobrou algum, barrei a “sanduíche” com o resto para lhe dar aquele ar “que-mistela-é-esta?”.

Fazer o recheio: fácil. Põe-se tudo dentro de uma caçarola e vai ao lume a engrossar.

Sugiro servir bem fresquinho.

Standard
culinária

Panna Cotta

Ingredientes (para 6 formas pequenas)

– 200 ml de natas (1 pacote de natas)
– 200 ml de leite
– 50 gr de açúcar
– 1 vagem de baunilha (ou uma colher de chá de essência de baunilha)
– 2 folhas de gelatina

Preparação

1) Cortar as folhas de gelatina aos pedaços e demolhar em metade do leite frio.
2) Abrir a vagem e retirar as sementes.
3) Levar ao lume as natas, com a metade do leite, o açúcar, as sementes e a vagem de baunilha.
4) Logo que levante fervura, desligar o lume e retirar a vagem. Adicionar a gelatina demolhada com o restante leite. Mexer para dissolver bem.
5) Distribuir o preparado pelas formas e levar ao frigorífico a solidificar (tempo médio 4 horas).

Para a cobertura

Há quem opte por geleias, compotas, caramelo, molho de chocolate… aí fica ao gosto do freguês. Mas eu como prefiro uma deliciosa calda de frutos vermelhos, resolvi fazer uma de morangos. Esta calda é excelente para usar como cobertura noutros doces, iogurtes e gelados. Conserva-se bem durante muitos dias no frigorífico e também se pode congelar. Calda de Morango

Ingredientes

– 200 gr de morangos frescos (medida de uma chávena de chá)*
– 3/4 colheres de sopa de açúcar
– 1 colher de chá de sumo de limão
– 1 folha de manjericão

Preparação

1) Cortar os morangos em pedaços. Colocar na liquidificadora e reduzir a polpa.
2) Levar a polpa ao lume com o açúcar, o sumo de limão e a folha de manjericão.
3) Quando levantar fervura, colocar em lume brando e deixar cozinhar até ter a consistência desejada e uma cor brilhante.
4) Retirar a folha de manjericão. Deixar esfriar e levar ao frigorífico.

Na altura de desenformar o doce, recomendo aquecer no microondas um recipiente com água (apenas para cobrir o fundo das formas). Colocar à vez cada forma e retirar após 3/4 segundos. O doce rapidamente descolará.

Por fim, coloquei a calda e decorei com folhinhas de hortelã-pimenta, vindas directamente da minha varandinha, bem como o manjericão.

via Ideias debaixo do telhado

Standard
culinária

Scones

Ingredientes para 15 scones:

280 gr de farinha
60 gr de manteiga derretida
10 gr de açúcar
2 colheres de chá de fermento em pó
150 ml de leite
1 pitada de sal
1 gema de ovo
Farinha para polvilhar
Manteiga para untar

Preparação:

Numa tigela, coloque a farinha, o fermento, o açúcar, a pitada de sal e a manteiga derretida.
Misture tudo com as varinhas de massa (batedeira) e ao mesmo tempo junte o leite aos poucos. Amasse tudo muito bem até a massa começar a descolar da tigela.

Unte um tabuleiro de ir ao forno com manteiga.
Polvilhe a bancada com farinha e coloque a massa por cima. Amasse ligeiramente e faça uma bola.
Faça bolinhas de massa e coloque no tabuleiro.
Leve ao forno pré-aquecido nos 210º durante 15 minutos.
Quando as bolinhas de massa começarem a ganhar volume, pincele-as com a gema de ovo.
Passado os 15 minutos está pronto a servir.
Sirva os scones com compota ou manteiga e acompanhe com chá.

via sabor intenso

Standard
culinária

Chau Min de Frango com Arroz Basmati

Ingredientes para 4 pessoas:
1 cebola média
1 alho
2 pimentos um verde e um vermelho
125g de rebentos de soja
1 embalagem de cogumelos brancos
600g de carne de frango óleo vegetal, sal e pimenta q.b
4 colheres de sopa de molho de soja
arroz basmati a gosto

Preparação:
Na wok ou numa frigideira anti-aderente funda coloque 2 colheres de sopa de óleo e refogue um pouco a cebola, cortada em tiras, e o alho picado. Junte os pimentos, cortados em tiras, e deixe cozinhar um pouco, quando tiverem diminuído de volume adicione os cogumelos, cortados em quartos. Deixe os cogumelos perderem a água e ficarem mais pequenos. Adicione de seguida os rebentos de soja e deixe cozinhar mais um pouco só para que fique tenrinhos.
Corte a carne de frango em tiras, tempere-a com sal e pimenta. Noutra frigideira com 2 colheres de sopa de óleo frite-a ligeiramente de modo a que fique tenra e saborosa. Adicione metade do molho de soja 2 colheres à carne. Junte a carne aos legumes, envolva tudo e coloque o restante molho de soja. Faça o arroz segundo as instruções.

via Chau Min de Frango com Arroz Basmati | SaborIntenso.com

Standard
culinária

Curd de Limão

Fácil e óptimo para recheio de bolos e sobremesas

– 3 ovos
– 3 limões (sumo e raspa)
– 1 c.sopa de manteiga
– 200g de açúcar (ou mais, depende do gosto de cada um)

Coloque todos os ingredientes num tacho e leve ao lume até engrossar. Coloque num frasco, vire-o e deixe arrefecer. Uma maravilha! E vou fazer com mais frutas sem dúvida!

Via chocolatemorno.blogspot.com

Standard
culinária

Baba de camelo rápida

Vais ao supermercado e compras 1 lata de leite condensado cozido, juntas 5 gemas e bates as claras em castelo. Juntas tudo e vai ao frigorífico.

(Acabo de receber esta receita via email; em duas frases temos uma sobremesa bem apetitosa)

Standard
culinária

Pita Shoarma

Ingredientes:

Cominhos em pó
Coentros em pó
Alho em pó
Açafrão em pó
Gengibre em pó
Pimenta preta em pó
Paprika em pó (ou pimentão-doce/colorau)
Cravinho em pó
Pimenta de cayenne em pó (ou piripiri)
Canela em pó
1 colher de sopa sumo de limão
1 colher de sopa de óleo
0,5 Kg de carne (eu usei porco)
1 alface pequena em juliana
6-8 pães pita (à venda em qualquer hipermercado)
1 colher de sopa de banha de porco
Sal q.b.
Molho de alho (aconselho a marca Heinz mas o melhor é Molho Shoarma caseiro, a receita está a seguir)

Preparação da mistura de especiarias:

Num recipiente junte os ingredientes que se encontram abaixo e misture-os muito bem com uma colherzinha.
A quantidade de especiarias que vai render dará para duplicar a receita de Pita Shoarma.
Se não utilizar tudo guarde a mistura de especiarias num frasquinho para usar da próxima vez.
1 colher de sopa de cominhos em pó
1 colher de sopa de coentros em pó
1 colher de sopa de alho em pó
1 colher de chá de açafrão em pó
1 colher de chá de gengibre em pó
1 colher de chá de pimenta preta em pó
1/2 colher de chá de paprica em pó
1/2 colher de chá de cravinho em pó
1/2 colher de chá de pimenta de cayenne em pó
1/2 colher de chá de canela em pó

Preparação da Carne e do Shoarma:

1. Corte a carne em cubinhos. Após isso feito, coloque a carne num recipiente largo, colocando 2 colheres de sopa do preparado de especiarias que foi previamente reservado, 1 colher de sopa de óleo e 1 colher de sopa de sumo de limão.
Envolva a carne muito bem no preparado de sumo de limão e óleo. Coloque o recipiente dentro do frigorífico, tapando-o e deixando-o lá 24h para que a carne tome gosto.

2. Após as 24 horas retira-se a carne do frigorífico e tempera-se com sal e picante a gosto. Coloca-se 1 colher de banha de porco bem cheia numa frigideira e deixa-se derreter a banha em lume brando, sem deixar a mesma aquecer demais. Coloca-se a carne e deixa-se em lume brando, a cozinhar. Paralelamente, lavam-se 4 a 5 folhas de alface, escorre-se e enxagua-se muito bem. De seguida, corta-se as folhas em juliana. Reservar. Quando a carne começar a querer fritar, desliga-se o lume.

3. Pegue no pão pita e coloque-o na torradeira um minuto, abra-o com cuidado e coloque alternadamente uma porção da alface em juliana, o molho de alho (ou o molho shoarma) e em seguida o preparado de carne, e assim sucessivamente, até o pão estar cheio, tendo o cuidado de terminar com uma camada de alface com molho.
Acompanha-se com batatas fritas aos palitos, se quiserem.

Por Nárwen, via Pita Shoarma – Israel | SaborIntenso.com

Molho Shoarma

Ingredientes:

6 colheres de sopa de maionese
8 colheres de sopa de natas
1/2 colher de sopa de cebolinho seco
1/2 colher de sopa de salsa em pó
4 colheres de chá de sumo de limão
2/3 colheres de chá de alho em pó
água (conforme a consistência que desejar)

Preparação:

Num recipiente coloque as natas com o sumo de limão e aguarde 15 minutos ou até que estas talhem, isto preparado irá transformar-se em natas azedas (sour cream).
À parte misture os restantes ingredientes e quando as natas estiverem no ponto adicione-as também.
A água deve ser adicionada conforme a consistência que desejar (ás vezes eu adiciono um pouco mais de natas em vez de água).
Entretanto, mexa muito bem o molho com uma vara de arames, e prove para que saiba se é necessários ajustar os ingredientes (caso queira um sabor mais intenso a alho ou a limão adicione mais mais um pouco destes ingredientes).
Quanto ao sabor ligeiramente picante deste molho está ao encargo do cebolinho portanto deve colocar mais ou menos consoante o seu gosto pessoal (se houver um descuido e achar que está demasiado picante basta adicionar mais natas que suavizará).
Como este molho tem tendência a ficar ainda mais saboroso com o passar das horas, aconselho que o façam com algumas horas de antecedência (pode guardá-lo no frigorífico como um molho de compra).

Por Nárwen, via Molho Shoarma – Israel | SaborIntenso.com

Standard