geocaching

Lado escuro da mata

#129, 27-09-2012 @19:40 GC3RMQ6

Agora que os dias estão mais curtos e o sol se deita mais cedo, tive de equipar o meu velocípede com a necessária iluminação. Mais do que ver o caminho e por questões de segurança, espero que sejam outros a ver-me na estrada a fim de evitar males desnecessários.

Chegado à povoação, ignorei a sugestão do dono: eu sei lá onde fica o campo de futebol. Vou mas é por onde o gps me manda e, seja o que Deus quiser. E fui. Quase a chegar ao destino, os carreiros não apareciam no mapa. E no terreno estava uma vacaria. Ainda entreabri o portão por impedir a passagem para um caminho. Depressa desisti desse intento e procurei alternativa que acabei por encontrar no limite da vedação.

Um pouco às apalpadelas, dado o escuro da mata que também era consequência da estrela maior que já se punha, lá consegui chegar ao ponto zero. Afinal, o caminho nem era assim tão difícil.

Também não foi difícil a localização do ponto zero. Ainda esgaravatei a trepadeira na esperança de sentir o recipiente, mas foi inevitável o recurso ao frontal da bicicleta para me iluminar a zona. Depois de alguma insistência lá dei com o taparuére, um dos maiores que já avistei. Fotografias é que népias: já estava escuro e ainda tinha de procurar o caminho de regresso que não foi o mesmo. Aliás, este acabou por revelar-se ainda mais fácil, muito mais fácil.

Standard

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s