geocaching

Nunca fui lá

#54 Nada melhor do que começar o registo de uma “cache”, assim: Tour “Já que vais ter uma reunião p’ra esses lados, aproveita e faz uma cache”.

(Agora abro parênteses para me questionar acerca desta “mania” que os “geocachers” têm de fazer “tours”. Mas isto é o quê? uma digressão de uma banda de rock ou um momento turístico de reduzida escala? Acho que é mais “epá, não tenho nada de jeito para escrever no “log” a assim invento um nome espampanante que já ocupa umas linhas e dá aquela ideia pseudo-cómico-intelectual”. E já fez mais uma vítima: eu!)

Agora a sério.

Este dia estava marcado na minha agenda para uma reunião da pj na praia da Pedra do Ouro. Ora, se tivesse tempo, aproveitaria para fazer uma caixita. Ou duas. A caminho, passaria pela praia da Polvoeira. Como a cache se encontrava a trinta metros da estrada, não é tarde nem é cedo, estaciono o veículo de maneira a não empatar o trânsito, ligo os quatro piscas e lá vou eu atrás da moita a ver se encontro o tesouro. Como o tempo era escasso, depois de dois minutinhos a procurá-la sem sucesso, regressei ao carro. Desta feita, tinha a fazer-lhe companhia um segundo carro que não me atrapalharia, não fosse ele da… polícia. Eu vinha a arfar da curta corrida, que a idade começa a não perdoar e não tive outro remédio se não explicar aos dois agentes o que era a coisa. Não devem ter ficado lá muito convencidos, mas consegui passar incólume.

Depois da reunião, era uma altura apropriada para a desforra: não vai a Polvoeira, vai a Água de Madeiros. Esta teve sucesso; a pedra que a tapava denunciou-a à distância. Apesar de ter um grau de dificuldade/terreno superior à da manhã, foi incomparavelmente mais fácil, mesmo que um canídeo minúsculo se tivesse tentado a abandonar o casal que espreitava nas redondezas o pôr-do-sol para seguir-me as pisadas. Nada que um “xô, cão” não resolvesse de imediato.

A praia da Água de Madeiros é uma das várias praias que pertencem ao concelho de Alcobaça, é a primeira praia de Alcobaça quando se viaja de Norte para Sul.
Esta praia fica entre São Pedro de Muel e a Pedra do Ouro, fica um pouco escondida e talvez por essa razão seja menos conhecida.

Praia de areal extenso e limitada por arribas altas que se prolonga até São Pedro de Moel. Na zona Norte encontrará uma zona de praia, que apesar de não ter vigilância, é mais abrigada e, onde existem fabulosos estratos sedimentares de calcário. Existe uma ribeira que estabelece o limite entre os Concelhos de Alcobaça e Marinha Grande. Nesta zona Norte da praia poderá alugar cavalos e, quem sabe, aventurar-se pelo pinhal. Esta praia é procurada por praticantes de surf bodyboard e pesca desportiva. É uma praia vigiada e com algumas infra-estruturas de apoio.

Standard

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s